A evolução do gênero Kamen Rider

Imagem

Decade”

Dando continuidade a nova coluna Tokusatsu no blog,vamos falar de um gênero que divide popularidade com os Sentais no Japão.O gênero Kamen Rider

Era Showa e Era heisei

 

 

Imagem

 

 

 

 

 

 

 

Imagem

“Kuuga e Agito”

No inicio da década de 90 os heróis japoneses invadiram a tela das Tvs brasileiras.Um deles chamou atenção:um herói que se transformava com um traje similar a um gafanhoto com um cinto peculiar gritando “Henshin” e pilotava uma moto derrotando monstros que assolavam a Terra.Ele é o Kamen Rider(numa tradução literal motoqueiro mascarado).
Assim como metalder Kamen Rider é uma série mais séria e elaborada,voltada para um público mais velho ainda que seu propósito de vender brinquedos com a série ainda continua.Assim como o Super Sentai é cria de Shoutaro Ishinomori,uma espécie de Stan Lee japonês já que ele criou a maioria dos heróis de lá.A série que veio pro Brasil(a mais sombria e séria de todos) foi o Kamen Rider Black e sua seqüência o RX.Curiosamente eles foram os últimos Riders da produtora Toei até entrar num hiato que durou cerca de 20 anos.Em 2000 a produtora resolveu ressucitar o gênero que dividia popularidade com os Sentais no passado.Kuuga foi o primeiro deles,e desde então uma nova era se iniciou e os Riders ficaram divididos entre os Riders da era Showa e do período Heisei do Japão.
Os Riders da era Heisei ficaram sem a surpervisão de seu criador falecido em 1998.Desde então muitos clichês foram quebrados e muita coisa mudou no gênero.

Os Riders da nova geração

Imagem

Imagem

 

Imagem

kamen-rider-faiz-12

Ryuuki,Blade,Hibiki e 555″

Kamen Rider sempre significou um herói solitário escolhido de posse do famoso cinto de transformação pra se transformar no famoso herói e combater um império do mal certo?Bom as coisas mudaram muito nesses novos tempos.Desde Kamen Rider Ryuuki as coisas mudaram bastante e novos conceitos sobre o herói começaram a surgir.
A Toei dessa vez resolveu expandir o público dos Kamen Riders,focando mais nas crianças e não só no adolescente,inserindo humor pastelão,personagens excêntricos,vestidos com a típica moda adolescente do Japão e inserido múltiplas formas pra vender cada vez mais brinquedos,algo mais comum no Sentai,mais ainda sim mantendo os elementos que tornaram famosa como uma trama mais elaborada.Mesmo séries mais divertidas como Den-O,vemos pessoas morrerem entre outras coisas características das séries antigas,como a trama,investigação.Até mesmo não vemos o típico heroísmo característico das séries da década de 70 ou 80,possuindo anti-heróis ou personagens que aprendem o valor de se proteger as pessoas(como 555 e Decade.Ou até mesmo personagens fracos que tem que aprender a lutar e se tornar verdadeiros heróis(Den-O, Ryuuki).E tudo regado a bastante tecnologia de ponta,efeitos especiais em 3D CGI e milhares de formas e transformações,uso de cards com várias técnicas entre outros.A expansão do universo Rider se dá de forma similar aos Sentais,com shows com cantores e atores da série,filmes especiais na internet,filmes,crossovers com o Rider anterior(os Movie Taisens são os mais interessantes pois trata-se de um filme dividido em 3 ou mais partes) e até crossovers com Sentais e Metal Heroes.

De 2000 até aqui

Imagem

Imagem

Imagem

“Kabuto,Den-O,Kiva”

Kamen Rider Kuuga foi o primeiro da geração.Ele e Agito uma espécie de pseudo seqüência,e mesmo com a modernidade ainda mantinham as mesmas características dos Riders antigos,mas introduzindo coisas que veríamos nos Riders mais recentes como múltiplas formas e heróis menos convencionais

Imagem

Imagem

Imagem“W,000,Fourze”

Kamen Rider Ryuuki de 2002 trouxe pela primeira vez mais de um Rider na trama.Na verdade são 13!Cada um se torna um Rider pelo seus motivos,e lutam entre si enquanto enfrentam monstros que vem da dimensão dos espelhos.O protagonista é um jornalista atrapalhado que acaba por acaso se tornando um Rider.Kamen Rider 555(leia-se Faiz) de 2003 mostrava um andarilho nada propenso a se tornar um herói tentando fugir da responsabilidade.O curioso é que vários outros personagens que surdem podem se tornar o Kamen Rider Faiz e não só o protagonista.Kamen Rider Blade de 2004 trazia conspirações e mistérios,e 3 Riders.Um aparentemente traiu a organização e libertou perigosas criaturas e outro é um sujeito misterioso que tem muito em comum com os monstros da série.O terceiro é o protagonista que está confuso ao ver seu mentor trair sua confiança e procura uma razão pra lutar.Aqui é introduzido o sistema de habilidade por cartas,ótimas pra Bandai vender brinquedos e jogos.
Kamen rider Hibiki de 2005 é um bocado peculiar, pois ele não parece ser um Rider.Ele não tem o famoso cinto,não se transforma com o famoso Henshin,não se parece com um gafanhoto e usa instrumentos musicais pra lutar.Até o ritmo da série é estranho e diferente.Dizem por aí que ele seria um herói comum mais acabou por algum motivo fazendo parte do universo dos Riders.
Em 2006 Kamen Rider Kabuto trouxe o primeiro protagonista excêntrico.Tendou é um cara EXTREMAMENTE arrogante que é até cômico,acha que o mundo gira em torno dele e que é o escolhido pra alguma missão maior.A organização Zect desenvolveu o Rider Sistem e esperava que um membro da organização se tornasse o Kabuto mais quem se transforma é o Tendou que ninguém sabe de onde veio ou quem é.
Em 2007 Kamen Rider começa a apostar mais no humor com a série mais popular dessa era: Kamen Rider Den-O.Ele trouxe um protagonista azarado,fraco e nada propenso a se tornar um herói.Os inimigos tinham objetivos diferentes,ao invés de matar pessoas ou algo do tipo,eles realizavam desejos ligados ao passado das pessoas e assim que efetuado o contrato ele viaja no tempo e destrói tudo que está ligado ao passado dela e isso afeta o futuro.
Em 2008 um Kamen Rider meio gótico chegou.Kiva era uma série interessante pois o protagonista que trabalha numa loja que concerta violinos, tem um pai que possui uma história própria que liga duas épocas diferentes: 1986 e 2008 e o que ocorre em uma época tem ligação direta com a outra.Isso é bem interessante.O Rider tem um estilão meio vampiresco(que é explicado mais adiante)
Em 2009 uma série muito especial para os fãs foi produzida: Kamen Rider Decade que ao estilo de Kingdom Hearts traziam vários mundos baseados nos mundos dos Riders anteriores,universos alternativos.O herói podia se transformar em qualquer Rider da era Heisei enquanto luta pra salvar os mundos mas tem um porém: é contado numa previsão futurísta que Decade seria o destruidor de mundos.Por ser uma série com um orçamento muito maior que as outras e ter muitos personagens convidados, só durou 31 episódios e 3 filmes, um deles contém o último episódio da série.No mesmo ano Kamen Rider W (Double)chegara com uma novidade: os Riders são duas pessoas que se transformam um só Rider(na verdade a consciência de um divide o mesmo corpo do outro).O rider tem seu corpo dividido podendo usar duas formas simultâneas e mudando e alternando entre várias outras.Os dois são investigadores.Um procura pistas e o outro com um cérebro mega privilegiado as analisa.Esse e os demais Riders que vieram depois é os que mais fogem do estilo da série.Durou de 2009 até 2010.
O Rider de 2010-2011 é 000(Ozu).Com bastante humor 000 usa moedas para acessar suas formas(ele possui 100).O destaque vai para um criatura que na verdade é um braço de monstro que quer recuperar o seu corpo com moedas especiais dos outros monstros e pra isso usa o heróis para alcançar seus objetivos.E não estamos falando de amizade.O cara não é nem um pouco bonzinho.E o protagonista tem que se virar e lidar com ele pois ele pode ajudá-lo a proteger as pessoas.
Kamen Rider Fourze de 20111-2012 é o mais escrachado e mais focado no público infantil dos heróis.Com um capacete em forma de foguete e armas nada convencionais(quem imaginaria um Rider lutando com um pula-pula e até mesmo uma geladeira?) e com um protagonista que é um estudante com aparência de rebelde mas que quer ser amigo de todo mundo.O Rider se passa numaescola oque também é novidade na franquia.
O último Rider é o mais atual Wizard da temporada 2012-2013, que traz um mago como protagonista com um cinto que toca um rap na transformação e em ataques especiais e características dos Riders anteriores a W.

Imagem

“Wizard”

Conclusão

Bom essa foi só uma palhinha rápida sobre as mudanças do gênero Rider.Em breve matérias especiais mais detalhadas sobre alguns do que eu mais gosto virão.Aguardem

Anúncios

Uma resposta em “A evolução do gênero Kamen Rider

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s