Bakuman: o mangá/anime da vida (quase) real

Imagem

Bakuman é fruto de mais uma parceria bem sucedida de Tsugumi Oba e Takeshi Obata e também publicada na Shonem Jump. A publicação semanal parece ter enfim percebido que obras que fogem um pouco da linha comercial da editora dá certo,prova do sucesso de Death Note e HunterxHunter,inclusive parece que a revista dedica espaço pra esse tipo de publicação como provou Enigma outra obra que foge dessa linha(mas não tão bem sucedida infelizmente)

Bakuman prova mais uma vez isso, pois trata-se de uma obra que nada tem a ver com a série anterior da dupla, Death Note e mesmo assim é uma obra totalmente inovadora ao gênero. Saindo do thriller psicológico e o jogo de gato e rato, vemos um enredo simples e muito inovador.Bakuman é uma série que fala sobre dois jovens querendo se tornar mangabas.Isso mesmo, dois garotos querendo ser desenhistas de mangá e querendo publicar justamente na Shonem Jump.O mais interessante é como Bakuman consegue mostrar com realismo(até certo ponto) como funciona o mercado de mangás e tudo que rola nesse universo.Mas incrível ainda é como a Jump tão conservadora topou publicar um mangá que mostra os seus “segredos” mais profundos.

Mashiro é um jovem estudante japonês comum. Logo no inicio percebemos no seu pensamento uma certa critica a sociedade japonesa, pois vemos ele se lamentando de como vai levar uma vida chata de assalariado,tendo de estudar duro pra arrumar um emprego estável e agradar seus pais dando-lhe poucas opções,algo programado.
No entanto Mashiro (ou Saiko como seus amigos o chamam) gosta muito de mangá, gostaria de se tornar um mangaká assim como seu tio. O único empecilho é o próprio mercado, já que um mangaká primeiro se torna um apostador,onde poucos conseguem sucesso e emplacar uma série em uma publicação semanal.Assim ele arrisca tudo até um emprego seguro nesse difícil mercado.Desta forma ele prefere não se agarrar a um sonho que parece perdido em algo que não parecia muito seguro.Isso até ele se esquecer de um caderno de matemática onde continha um desenho de sua amada Azuki Miho do qual Mashiro vive uma paixão platônica admirando-a de longe.O caderno é encontrado por Takagi que ficou na escola esperando Mashiro se dar conta do ocorrido.Takagi conta que viu seu conteúdo e ficou impressionado com as habilidades dele e faz uma proposta surpreendente: os dois se tornariam mangakas da Shonem Jump,onde Mashiro se encarregava do desenho enquanto Takagi ficaria com o roteiro.
No inicio Mashiro não concordou, mas Takagi tenta de todas as formas convencê-lo, inclusive imaginando o mangá algo divertido ao invés de arrumar um emprego chato de assalariado.
Ele só se convence quando o rapaz o leva casa da Azuki pois ele tem certeza que a garota também gosta de Mashiro e ao chegar lá ele conta sobre a intenção dos dois:eles seriam mangakas da Jump Azuki acha maravilhoso e conta que seu sonho é ser dubladora(seyuu).Caso os dois conseguissem seu objetivo tornando a série sucesso pra  ganhar um anime então Azuki faria o papel da heroína da história.A garota com os olhos brilhando acha tudo aquilo fantástico,e Mashiro empolgado,especialmente porque seu tio se tornou mangaká por causa de um amor do passado a pede em casamento quando seus sonhos se realizarem.
Para espanto de Mashiro a garota aceita(ela já gostava dele a distância também) mas combina de só se comunicarem por E-mail ou telefones até lá.
Mashiro perplexo e ao mesmo tempo empolgado, se anima em se tornar um mangaká,ainda mais que Takagi(ao qual ele passou a chamar de Shuujin) mostra seu talento impressionando o editor Hattori com a qualidade do nível de sua história.Os dois resolvem correr atrás de seus sonhos.
E é com essa premissa simples que a série começa,mas acredite: é muito empolgante e existem ainda outros fatores que vão além.

Um novo jeito de se contar histórias na Jump
Imagem
Percebemos aqui que a trama serve como pano de fundo para nos mostrar o grande ás da manga da série:como o mercado de mangás,sua criação e seu processo funcionam, explicando de forma detalhada como funciona esse meio de maneira realista.TUDO é explicado com riqueza de detalhes com loooongos diálogos ao estilo Death Note detalhando tudo.O interessante é que Bakuman possui uma dose forte de realismo aliada a coisas surreais.Um exemplo de coisas surreais seria o fato de o rapaz ter determinação e uma força de vontade gigantesca de se tornar o melhor mangaká(típico de protagonista da Jump).Em um momento Mashiro não quer parar de desenhar para não atrasar a publicação de seu mangá e mesmo doente ele continua desenhando.O romance do rapaz com Azuki do qual só conversam por telefone ou E-mails, sem se encontrarem pessoalmente até eles conseguirem realizar seus desejos é algo romântico no contexto mas totalmente impraticável na vida real.
Todo resto funciona de forma mais realista,como o fato da série não possuir uma figura antagônica. Mesmo personagens que poderiam ser supostos antagonistas ou obstáculos como a mãe do garoto que era contra o sonho do seu filho(já que seu tio morreu por conta de excesso de trabalho e esforço ao publicar seu mangá) ou até mesmo Eiji Nizuma que se tora um prodígio em escrever mangá se torna um obstáculo,inclusive em um ponto da série, Mashiro torna-se seu assistente lhe dando dicas de como melhorar seu conteúdo.O rapaz inclusive é um grande fã de Ashirogi Muto(o pseudônimo que Saiko e Shuujin adotaram como autores).Aliás seria melhor descrevê-lo como um rival e não como um inimigo por assim dizer.
Nem mesmo seu editor é um antagonista,na verdade ele ajuda bastante os dois a conseguirem chegar ao melhor caminho tal qual um editor faria na vida real.Poderíamos dizer que os principais adversários são os obstáculos da vida cotidiana e os desafios que tomamos normalmente,tal qual um vestibular,trabalho,estudos etc.

Muitos acontecimentos se desdobram rapidamente.Os dois logo conseguem mandar um mangá que vence o prêmio e conseguem uma série para ser serializada.Mas achou que acabou?Não a história só começa agora,pois desenhar semanalmente,manter o mangá na revista,além de continuar com os estudos é algo mais complicado do que se imagina.

Os acontecimentos de Bakuman aliados a um ótimo senso de humor e um carisma impressionante dos personagens que fazem você se apegar a eles(difícil escolher um favorito) tornam Bakuman extremamente viciante.Relacionamentos,amorosos,a pressão de autores e editores,a paixão pelo mangá,os encontros divertidos entre os autores da série,tudo em Bakuman conquista o leitor,transformando a série num mangá Cult e ao mesmo tempo popular sendo um sucesso absoluto.Bakuman é bom demais!

Semelhanças com Death Note e mangas da Jump
Imagem
Aqui temos dois garotos brilhantes e um caderno mas não essa não é a semelhança com DN que mencionei.Mas sim pelo fato de que ambos proporcionam uma sensação de leitura em dados momentos que lembram um mangá de luta.cenas de rivalidade,diálogos,esforço dos personagens,tudo funciona do mesmo jeito que um mangá de luta.As salas de reunião da Jump se equiparam aos duelos pisicológicos de DN com aquela tensão imensa…que é a mesma daquela batalha desesperadora de um bom mangá de lutas.Isso que é o mais legal em Bakuman

Ilustres convidados,referências que não acabam mais e um auto-retrato da Jump
Imagem
O mais surpreendente de Bakuman é a referência a mangás da Shonem Jump.títulos como Naruto,Bleach e One Piece são citados a todo instante e com suas capas reais mostradas.Num episódio é mostrado o editor Torishima(editor de Akira Toriyama) que serviu de inspiração para Toriyama criar um personagem de Dr.Slump.Os métodos que compõem um mangá,a estratégia de vendas,os ranking semanais,tudo isso é mostrado em Bakuman.

Os mangás de Saiko e Shujin e outros autores dentro de Bakuman
Imagem
O primeiro que aparece na série na verdade é um manuscrito(uma espécie de rascunho).Intitulado Duas Terras ele fala de um jovem que descobre que a terra na verdade é uma cópia da verdadeira,e foi criada com o intuito de fazer experimentos inserido uma série de problemas variados para poder ajudar no desenvolvimento da verdadeira Terra.Todos os outros moradores são somente clones do original.O segundo, Dinheiro e Inteligência fala sobre um mundo futurista onde o cérebro das pessoas vale dinheiro e status, e o protagonista enriquece vendendo cérebro de pessoas inteligentes a outras pessoas menos favorecidas.Dectetive Trap conta a história de um homem que captura bandidos plantando armadilhas até a solução do crime.Tanto já é um mangá de comédia, fala de um garoto e seu tio inventor que bola as mais malucas invenções é voltado para um público infantil. Clube do Crime  Perfeito(Perfect Crime Party-PCP) é sobre um grupo de garotos que pratica crimes leves como trocar o objeto de alguém por outro idêntico ou seguir pessoas,ou seja crimes leves típicas dos tempos de infância.Fora ainda os outros autores como Nizuma Eiji e seu Crow,Iwase, rival deTakagi com seu +Natural,Fukuda com a pancadaria com comédia Kiyoshi e Aoki com Tempo das Folhas Verdes,comédia romântica baseado no relacionamento de Mashiro e Azuki e Otters 11(que teve um capítulo real publicado na Jump) do preguiçoso Hiramaru.Destaque para Super Hero Legends,comédia do tio de Mashiro, claro.

O anime

Imagem

O anime de Bakuman é simplesmente incrível.Produzida pelo estúdio J.C.Staff pode se dizer que  trata-se de uma das melhores adaptações de  mangá em anime.O anime é bastante fiel ao traço de Obata(ao contrário de FT da A1),a animação é perfeita,direção de arte sem igual,dublagem excepcional e os cenários são incríveis e vários mangas apresentados na série tem uma abertura animada,como por exemplo o mangá Super Hero Legends do tio de Mashiro logo no inicio do primeiro episódio,várias cenas novas foram acrescentadas melhorando a passagem de determinados eventos e até a personalidade de alguns personagens que não agradaram ao público foram alteradas dando um aspecto mais agradável à série.A única diferença é que por razões contratuais provavelmente, não se poder citar o nome da revista e nem da editora,que foram mudados para Jack e Yueisha,algo até normal(lembram-se de Fanasonic a marca de TV de Death Note?).No entanto alguns Fansubbers ainda mantiveram como Jump e Sheisha mesmo. De qualquer forma é excelente e não possui fillers (apenas como foi dito as cenas extras). O grande segredo disso foi a decisão de dividir a série em temporadas anuais(ao contrário da prática atual que continua o anime sem parar inserindo os odiados fillers).O anime possui 2 temporadas(2010 e 2011) de 25 episódios cada e em Outubro de 2012 foi prometida a 3ª temporada desta série de sucesso. Destaque também pras excelentes músicas de abertura tanto da primeira quanto da segunda temporada combinam com o anime e são ótimas!

Seria interessante também se fizessem versões em anime dos mangás criados pelos autores fictícios de Bakuman, muitos mereciam tanto uma versão mangá quanto um anime.
Imagem

Conclusão

Bakuman é outra obra fantástica. Assim como Death Note é um mangá que foge(ao menos um pouco) do padrão da Jump trazendo inovação. Seu sucesso mostra aos editores da própria revista que não precisam ser tão conservadoras e podem dar espaço a obras mais alternativas e ainda assim conseguir fazer sucesso. É como dito na própria série,basta o mangá ser interessante,se for fará sucesso.Conheço pessoas que gostam da série por vários motivos.Algumas pessoas ,em sua maioria as garotas geralmente adoram o romances dos casais da série(e alguns rapazes também como este que vos escreve),enquanto outros gostam de conhecer mais sobre essa interessante indústria dos mangás(principalmente autores e aspirantes ou quem gosta e se interessa pelo meio), outros pelo carisma dos personagens ou então por tudo isso.Indispensável nas prateleiras de qualquer leitor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s