Análise profunda: Final Fantasy X-2,o jogo mais apaixonante da série

Final Fantasy X-2 ,um game realmente apaixonante

Image

FFX-2 é um game muito especial pra mim.É difícil explicar o que eu sinto com relação a esse jogo.Perdi a conta de quantas vezes vi sua apresentação e cheguei até a fazer um DVD com vídeos do jogo e um monte de fotos da Yuna minha personagem favorita absoluta da série.É algo forte,inexplicável,imensurável,um sentimento de amor mesmo que tenho com este jogo.Mas o que afinal me cativou tanto?É o que pretendo mostrar na minha analise profunda deste jogo.O texto é longo mais pra falar de um jogo da série é necessário ^^ Então vamos lá!

O jogo começa com uma bela CG em Lucca no estádio de Blitzball(esporte famoso em Spira,o mundo do jogo).No entanto não veremos um jogo oficial e sim algo BEM diferente.Uma platéia enlouquecida vibra esperando algo acontecer.Enquanto isso nos bastidores duas mulheres imobilizam os guardas.Uma delas diz no seu comunicador :

– “YRP em posição.É hora do show garotas!”

Voltamos a platéia em polvorosa.Um palco armado com vários guitarristas começam a tocar seus instrumentos.Uma figura aparece no centro do palco do qual os holofotes pairam sobre ela.Ela é…Yuna!
Ela começa a caminhar pra frente do palco ergue suas mãos e sofre uma incrível transformação:com um visual sexy,minissaia ,um corte de cabelo moderno ela pega um microfone e então começa a cantar “Real Emotion” ,uma música J-POP dançante(algo totalmente incomum num FF) com uma presença de palco incrível e uma bela voz.A música incendeia a platéia que vibra muito enquanto o jogador embasbacado não acredita no que vê na tela
E aí você se pergunta esbravejando: O QUE É ISSO?YUNA CANTORA?????COMO ASSIM????ESSA É MESMO A YUNA?O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI?????

No meu caso ainda esbravejei: NOSSA,MAS ELA ESTÁ TÃO LINDA!!!!QUE COISA TÃO INUSITADA,LOUCA, MAS MARAVILHOSA!!! ^^

“Abertura de FFX-2

Em outra cena Yuna mostra o seu visual padrão com duas pistolas(?!!!) shorts e um visual estilo japonesa moderna contrastando com seu visual ao estilo japonesa antiga(entenda como tradicional) com um Hakama (uniforme tradicional do Japão feudal) OU SEJA TOTALMENTE DIFERENTE DA YUNA ANTERIOR.MAS COMO ISSO?
Ao mergulhar no jogo você percebe que tudo mudou: a narrativa é surpreendentemente inusitada contando com humor ao invés do drama habitual,temos no grupo de personagens somente 3 mulheres sexys (Yuna Rikku e Paine)ao estilo das Panteras(até a apresentação das 3 na abertura do jogo é igual ) jogo baseado na livre exploração e dividido em missões (isso mesmo!)onde você escolhe pra onde quer ir.E também momentos bastante inusitados.Quem imaginaria ver Yuna fantasiada de Moogle em uma missão?ou veria ela fazendo pose com suas duas amigas?Cantando em um concerto jamais passaria pela cabeça de alguém com toda a certeza!
Image

O surgimento do RPG mais pop de todos os tempos

Bom tudo começou em Final Fantasy X International ,uma versão especial de FFX lançada somente no Japão.Nela havia um vídeo chamado Another Story, uma espécie de epílogo de FFX contando o que houve com o mundo de Spira após o desfecho do game.Nele Rikku surge com uma esfera mostrando Tidus preso em algum lugar misterioso.Ela logo mostra pra Yuna(que está com o visual antigo ainda) que decide ir com ela atrás de pistas que pudessem levá-lo até lá.O vídeo terminava com Yuna partindo indicando uma possível continuação, o que seria algo inédito até então.
FFX foi planejado para não ter uma sequência, mas após fazer uma pesquisa perguntando se os jogadores queriam mais histórias com Yuna e com a resposta positiva dos fãs,Yoshinori Kitase(diretor de FFX) e sua equipe receberam o aval da empresa para produzir A PRIMEIRA SEQUÊNCIA DIRETA DE UM CAPÍTULO DA SÉRIE PRINCIPAL.Daí surgiu FF X-2.
Após rumores que confirmavam a produção de uma possível continuação que era mantido em segredo  terem vazado pela rede, a então a ainda Squaresoft(antes da fusão com a Enix) anunciou o título oficialmente.Um cartaz mostrando uma nova Yuna com um visual sexy portando shorts e duas pistolas e completamente diferente da Yuna de FFX chamou a atenção(e causou certo espanto) do público.Após isso Kitase revelou suas intenções com o projeto numa entrevista para a revista EGM.
Image
Sendo um FF que não pertencia a série principal ,Kitase e sua equipe receberam mais liberdade pra desenvolver o título, assim sendo eles decidiram radicalizar,encarando a mudança de atmosfera como um desafio nunca tentado antes .Oferecer um conceito novo de narrativa e jogabilidade nunca vistos  na série,com forte influência da cultura pop ocidental e oriental.Suas influências foram As Panteras(isso mesmo!!!!) e o J-POP .Em relação as panteras vemos na apresentação das garotas no inicio do game,o fato de termos somente 3 mulheres na equipe,com um visual sexy e atitude.Kitase disse que a idéia de ter 3 mulheres como únicas protagonistas seria algo atraente,ousado e diferente e era um  dos desafios que os produtores queriam experimentar com o jogo . Em relação as cantoras de J-POP vemos na Yuna versão Songstress com um visual estilo Utada Hikaru e   Koda Kumi(que cantou as músicas do jogo e dublou a personagem Lenne na versão Japonesa).Inclusive a música tema de abertura do jogo “Real Emotion” cantada por Koda Kumi na versão Japonesa e Jade Villalon ex- vocalista da banda Sweetbox na versão americana é uma música pop dançante totalmente incomum ao estilo das músicas da série “Como simbolizada na perfomance de Yuna no show ao vivo queríamos incorporar um sentimento pop mesmo que a música dessa época seja muito diferente do típico mundo de FF.O Sr. Matsueda e o Sr. Eguchi(compositores do jogo) eram o ajuste perfeito para as mudanças que estávamos tentando conseguir e então pedimos para os dois cuidarem das músicas do jogo”disse Kitase.”Na verdade a mudança drástica na música é uma das grandes diferenças que deram nova direção a série” comentou. A narrativa também mudou para um estilo mais leve e descontraído com bastante humor ao contrário do FFX que tinha uma atmosfera triste,séria e densa .O tema de FFX era sobre independência das amarras de leis e dos costumes enquanto FFX-2 era sobre as mudanças que ocorreram a partir do caos depois de ganhar independência.Enquanto em FFX tínhamos o grupo enfrentando algo grandioso em FFX-2 os desenvolvedores queriam mostrar uma jornada de Yuna em busca de seu novo eu.A atmosfera “pop” do jogo foi proposital para mostrar a nova Spira numa época de paz, livre da ameaça de Sin ou o controle da religião de Yevon.As músicas do jogo foram todas feitas com base nessa atmosfera alegre ao menos na primeira parte do jogo.
Quem viu Cloud em FFVII se disfarçando de mulher para resgatar a Tifa do pervertido Don Cornelios pode esperar momentos parecidos e mais recorrentes(afinal FFVII é quase totalmente sério assim como todos os demais jogos da série).Mais pra frente as coisas começam a ficar mais sérias quando o enredo começa a se desnudar aos poucos levando a momentos sentimentais iguais aos demais jogos da série.
Então ao invés de termos o bando que salva o mundo temos 3 Sphere Hunters (caçadoras de esfera) cujo propósito é caçar esferas que documentam a história de Spira e por isso são tão valiosas.Obviamente a jornada é descontraída e alegre na maioria das vezes.O clima de paz na nova Spira ajuda muito nesse aspecto
O visual bem ousado de Yuna e Rikku  também foi inspirado nas mudanças de ares do jogo pra mostrar ainda mais o sentimento de liberdade e atitude.

A jogabilidade também segue essa visão pois agora Yuna pode saltar,pular e escalar os cenários e o sistema de batalhas baseado no ATB de FFIV a IX agora permitem que as personagens ataquem quase em tempo real podendo fazer combos e atacando com duas ou as três ao mesmo tempo além de poder interromper os ataques adversários escolhendo a hora certa de atacar dando um ritmo rápido e frenético as batalhas.
Image

“Yuna em sua versão cantora está simplemente linda!

A nova realidade de Spira e seu povo liberto

Com o mundo em paz os cidadãos de Spira agora podem decidir sobre o que fazer após a queda de Yevon e suas regras .Alguns se adaptaram rápido as mudanças e queriam ajudar na transformação do mundo enquanto outros acharam as mudanças rápidas demais.Na tentativa de conhecer mais sobre o mundo antes de Yevon foi fundado grupos de Sphere Hunters para encontrar essas esferas que valem uma boa grana.Diversos grupos então se formaram ávidos em recuperar tais valiosas esferas.3 Novos grupos querendo dar liderança e rumo a Spira se formaram nesse ínterim: New Yevon fundado por Trema que a principio foi feito para dar os ensinamentos corretos ao povo de Spira mas sem prende-los a qualquer regra árbritaria.no entanto Trema(que escondia segredos ocultos da povo) desapareceu e então Baralai assumiu o seu lugar.Youth League fundada por Nooj é feita de jovens ávidos em dar a direção correta de mudança em Spira.Nooj desconfia que New Yevon esconde algo e imediatamente se opõe a eles.Já o Machine Faction liderado por Gippal é neutro e existe unicamente para desenvolver a tecnologia das “Machina” que antes era proibido por Yevon,inclusive a mão de obra de Chocobos por exemplo foi trocada pelas maquinas e elas desempenham um papel crucial estando espalhadas pelo mundo.Conforme o jogo progride vemos os atritos causados pelas diferenças ideológicas dos dois grupos que podem levar a conflitos que poderiam mergulhar Spira em uma nova guerra igual a que aconteceu a 1000 anos atrás.
Inclusive até pessoas próximas acabaram se separando para se juntar a um dos grupos (como Barthelo e Dona) o que incendeia o conflito.

As mudanças de Spira estão por todos os lados :Kilika que fora destruída por Sin foi reconstruída,os templos agora foram abertos para visitação,Zanarkand virou uma cidade turística para o povo descobrir o segredos do passado da antiga metrópole,Mushroom Rock agora é sede da Youth League e Djose agora é base da Machine Factory.Os cidadão de Spira livres da ameaça de Sin e as amarras da religião de Yevon agora buscam paz e prosperidade
Image

“Yuna em FFX e em FFX-2: ela mudou bastante não é?”

Yuna ,uma nova mulher

As mudanças da Yuna não foram ruins ,muito pelo contrário,ela nunca esteve tão adorável!Ela está muito mais bonita que antes e apesar de seu novo visual estar bem mais sexy e ousado do que antes ela no fundo ainda continua a mesma. Em FFX Yuna sempre colocava a necessidade dos outros acima dela e sempre escondia seus sentimentos pra si disfarçando com um sorriso para não preocupar os outros além de sempre carregar o peso do mundo em suas costas .Até mesmo poderia se sacrificar em prol das outras pessoas.Sua convivência com Tidus a fez mudar o seu jeito de ver as coisas e a pensar mais em si mesma ,nas suas próprias necessidades.Inclusive Tidus sempre criticou as regras da religião de Yevon e conforme o tempo passou a questionar também até descobrir a verdade.
Ela ainda tem a fala mansa com um jeito educado de falar ,mas agora Yuna se tornou mais brincalhona,meiga e decidida que antes.Ela resolveu se inspirar em sua prima Rikku inclusive usando as frases típicas dela como “disasterrific” e “oh! poppie” além de se divertir mais,principalmente em relação a caça as esferas(ela inclusive faz pose  ao lado de suas amigas estilo Super Sentai).A coisa mais inusitada que Yuna agora esbraveja quando irritada,sorri,brinca ,se diverte e se empolga com a caça as esferas.Agora Yuna se dedica a uma jornada de descobrimento pessoal tentando encontrar o que ela quer
Sinceramente fiquei muito feliz ao ver Yuna tão linda e alegre as mudanças só fizeram bem a personagem .O elo personagem-jogador se tornou tão alto que fiquei jogando incansavelmente para obter 100% somente para que a personagem alcançasse a felicidade.É muito recompensante quando você vê uma personagem que sofreu muito agora esbanjando alegria e finalmente se libertando dos problemas do passado.O novo visual me agradou em cheio pois demonstra atitude(e  mulher no geral gosta  muito de se produzir né?) e não posso esconder a minha empolgação com o versão Songstress de Yuna não só por ela estar bem atraente mas por eu realmente adorar J-POP e a personagem!Virou de cara uma verdadeira diva dos RPGs!!! ^^
Ah e quem não sabe ainda porque Yuna virou mestra em saltar, pular,atirar com duas pistolas (em FFX Yuna não sabia lutar, só usava magias de cura e suporte e quem lutava eram os Aeons dela) e como ela cantava com tanto talento: as Dresspheres(literalmente esferas de roupas que modificam o vestuário do usuário) registram os sentimentos e a s memórias do usuário anterior,assim ela ganha as habilidades automaticamente após vesti-las.
Image

E os outros personagens?

Rikku está engraçadíssima nesta versão.Ela está ainda mais amalucada do que antes e é responsável pelos momentos mais engraçados.Paine é emocionalmente mais distante odeia falar muito  sobre si mesma ou algo alheio a si.O visual dark lembra a Lulu embora Paine não seja tão séria quanto a Black Mage.Aliás ela é responsável por tiradas sarcásticas hilárias.Como ela é mais séria ela atua como uma espécie de líder oculta do grupo YRP (Yuna Rikku e Paine) sempre colocando as garotas na linha quando começam a brincar demais fugindo do objetivo.Outro destaque é Leblanc e seus capangas Logos e Ormi ,Sphere Hunters que viram rivais das Gullwings(o grupo de Sphere Hunters do qual Yuna faz parte) por considerá-las amadoras.Eles sempre tentam aprontar com as garotas mas se dão mal  sempre ao estilo equipe Rocket.E por incrível que pareça eles desempenham um papel importante no jogo.Conforme você avança encontra outros personagens do jogo cada um tomou um rumo em sua vida e isso é muito interessante.Personagens do seu grupo de FFX tem destaque como Kimari que virou líder de sua tribo e Wakka e Lulu casados e prestes a ter um filho que nasce ao longo do jogo(aliás acho que é a primeira vez que vi o sorriso da Lulu)
Gippal,Baralai e Nooj escondem um segredo vital pra trama.
Image

Ousadia no sistema de jogo

Em relação ao seu sistema de jogo FFX-2 veio sem aquela mesma ambição de ser o melhor RPG do mundo apenas de ser uma sequência agradável e divertida para quem jogou o anterior.Por isso ele é mais fácil e curto do que o original.Já que o mundo do jogo foi bem explicado no anterior por que não explorá-lo mais desta vez?Tendo isso em mente fizeram o jogo com jogabilidade aberta, podendo ir a qualquer lugar com a nave das meninas a Celsius.O jogo é dividido em missões (nunca visto antes na série) e sempre quando se fala com um personagem chave ou ativa um evento a inscrição “Mission Time” com a missão e o objetivo dela aparecem na tela e assim que é concluída a tela “Mission Complete” aparece.O jogo possui 5 capítulos(algo inédito também) e as missões principais para o enredo são marcadas como Hotspots.Como só temos 3 personagens no grupo a variedade se dá por meio das Dresspheres cada uma com habilidades diferentes baseadas no sistema de Jobs de FFV(como Black Mage e White mage) mas agora você pode trocar em tempo real no meio da luta(com cenas de transformação ao estilo Mahou Shoujo e um visual distinto pra cada personagem) e o mundo do jogo possui diversos minigames espalhados por todos os cantos como Sphere Break ,um game que usa matemática e é bem divertido e desafiador.Existem muitas coisas pra fazer,um exemplo é que você pode capturar chocobos para mandá-los para o mundo e descobrir novos itens pra você.Nesse caso o jogo é bem flexível com o tempo que se deseja gastar com ele podendo variar de umas 50 horas até mais de 100.Conseguir 100% do jogo para habilitar o final verdadeiro se torna obsessão além de encarar o labirinto de Bevelle  com chefes que desafiam personagens no nível 100! E ainda é possível habilitar o New Game Plus com tudo que você obteve, mas Suas personagens voltam ao nível 1 .Ou seja diversão não falta ao jogo.Os cenários são os mesmos de FFX com algumas modificações aqui e ali e também algumas áreas novas.
Image

Trilha sonora diferenciada

A trilha de FFX-2 como dito antes também é bastante inusitada .As músicas da nova dupla de compositores possuem um estilo radicalmente diferente da trilha de Nobuo Uematsu, o compositor principal da série até então.Com um estilo mais voltado ao pop,eletrônico,ela segue a atmosfera do jogo com temas mais alegres e otimistas em sua maioria.No entanto “Eternity-Memory of Lightwaves”, um piano maravilhoso na apresentação do jogo e a  maravilhosa “1000 Words”, tema do jogo são do mesmo naipe das canções clássicas da série.O resultado de tudo isso são músicas que combinam perfeitamente com a atmosfera da série bem como todos os momentos do jogo.Algumas músicas são bem diferentes como o tema de batalha feito com guitarra e a música de vitória que não é a tradicional “Fanfare”, tema clássico da série.Minhas favoritas são aos temas de Besaid,Calm Lands e Zanarkand, enquanto outras são bem estranhas como a da Chocobo Farm e do Chateau Leblanc.No geral a trilha sonora é boa e vale a pena principalmente por “Real Emotion” e “1000 Words”  que se tornaram minhas  músicas cantadas favoritas(“1000 Words” é o tema mais lindo da série junto com “Eyes on Me” de FFVIII)Aliás as versões americanas são melhores que as japonesas ,pois a voz de Jade Villalon combina mais com a Yuna que a da Koda Kumi,além das canções terem ficado realmente melhores na sonoridade.Falando em som a dublagem é ótima a dubladora da Rikku(Tara Strong) atua melhor que a japonesa(Mariko Matsumoto) e ganhou até prêmio por sua perfomance(não dá pra esquecer a singela frase “snake,snake,snaaaaake” quando enfrentam uma serpente mecânica, uma referência clara a Metal Gear Solid) e a da Yuna(Hedy Buress) conseguiu se adaptar bem as mudanças da personagem.

Image

O que é diferente também pode ser bom? FFX-2 prova que sim

FFX-2 foi um sucesso, mas obviamente nem todo mundo gostou de seu clima mais alegre e colorido.É verdade que é muito difícil acostumarmos ao clima mais alegre(com umas coisas meio non sense até) principalmente depois de vivenciarmos momentos grandiosos e épicos  e repletos de reviravoltas como a destruição do mundo em FFVI,o meteoro sendo detido pelo Lifestream em FFVII, o resgate de Rinoa protagonizado por Squall no espaço em FFVIII,a luta com o Sinspawn no navio,a invasão da tentativa de um casamento forçado de Seymor com Yuna, a destruição de Kilika em FFX,mas o humor de FFX-2 é algo muito agradável e bem vindo além de criar um diferencial na série.Isso elevou o carisma dos personagens e do jogo todo a um patamar imenso.Diversas vezes me peguei rindo das brincadeiras do YRP no jogo e as situações muitas vezes até bizarras que o jogo apresenta.Ver Yuna feliz e alegre é como um lampejo no coração do fã da personagem.E além disso a identidade da série,a marca registrada que faz com que este seja um legítimo FF está presente pois momentos emocionais estão reservados quando a história começa a deslanchar, como o concerto de Yuna para unir todas as pessoas de Spira e uma história de amor de 1000 anos atrás que terminou em tragédia arrancam lágrimas dos olhos assim como nos games “normais” da série e o final reserva momentos emocionante que os fãs de FFX não podem perder.Isso sem falar do mundo de Spira e suas mudanças importantes e interessantes .O papel de uma sequência de um FF se tornou o mais importante pois é um mundo tão complexo e com tantos personagens memoráveis que um jogo só definitivamente não era o bastante.Quem jogou FFVII por exemplo deve ter morrido de curiosidade com o final já que ele mostra só o mundo sendo salvo mas se perguntava o que teria acontecido com os personagens e as mudanças naquele mundo já que ele não mostrou.Por isso FFX-2 é tão importante pois ele mostra o rumo e a direção da vida que cada um tomou e o que aconteceu no mundo do jogo, algo que os jogadores que só se importam com o enredo e suas reviravoltas não percebem.Também vale frisar como é incrível que tantos elementos que seriam considerados “nada a ver” não só fazem sentido como se fundem perfeitamente ao jogo mesmo com as diferenças gritantes em relação ao FFX e só quem mergulhar profundamente nele vai perceber isso.
Ter uma protagonista que se torna cantora(isso é explicado como aconteceu no jogo) foi algo inédito e até então(depois tivemos Rise Kujikawa do contemporâneo Persona 4 como IDOL) na minha opnião uma coisa inesperada e maravilhosa o que tornou FFX-2 um jogo único.É uma pena que não dá pra saber se um dia farão algo parecido  de novo mas pelo menos isso tornou FFX-2 um game realmente apaixonante e especial.Ele é único e não existe outra versão ou jogo de RPG igual a ele
Image

“O sorriso de Yuna é irresistível e já diz tudo.agora ela é uma garota feliz”

FFX-2 não foi concebido para ser o melhor RPG do mundo e nem superar o antecessor,ele foi feito para conquistar seu coração além de dar enfim um final feliz merecido para a personagem mais adorável da série.FFX-2 pode não ser o melhor jogo da série mas sem dúvida é o mais apaixonante.Ele tem um lugar especial guardado no meu coração e vai ser sempre uma experiência inesquecível!

Anúncios

Uma resposta em “Análise profunda: Final Fantasy X-2,o jogo mais apaixonante da série

  1. Mt Show sua Analise !
    Tudo q vc disse da Yuna, Seu Relatorio sobre Yevon !
    O jeito q encara as mudanças inesperadas, a descrição sobre os personagens do FFX-2!
    Cara…. Tudo isso eh mt Vacinante !
    Gostei mt…
    mt msm ! Parabens !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s